Resenha: Antes que eu vá, de Lauren Oliver

segunda-feira, maio 06, 2013

E eis que a mágica da leitura acontece! Ontem eu terminei de ler um livro que queria ler há muito tempo! Aliás, muito tempo mesmo: mas bora lá ver qual era o tão desejado da vez:


Sinopse:
Samantha Kingston tem tudo - o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no Thomas Jefferson, o colégio que frequenta - da melhor mesa do refeitório à vaga mais bem-posicionada do estacionamento. Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, deveria ser apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita. Em vez disso, acaba sendo o último. Mas ela ganha uma segunda chance. Sete 'segundas chances', na verdade. E, ao reviver aquele dia vezes seguidas, Samantha começa a desvendar o mistério que envolve sua morte - podendo descobrir, enfim, o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder.

De início, mais uma história de pobre: eu queria muito esse livro, mas ele era caro demais para o meu gosto, portanto sempre acabava comprando outros livros mais importantes. No fim, acabei comprando o ebook e lendo no Kobo. Uma saída bem mais em conta e também prática, visto que no momento é muito mais simples para mim ler em um e-reader do que o livro impresso. Mas ok, muitas expectativas depois, vamos ao resultado:

Duelei muito contra esse livro durante as primeiras páginas. Não sei bem dizer se seria pelo fato de ter acabado de sair de uma ressaca literária daquelas ou se teria algum outro fator envolvido, mas lutei muito contra a narrativa da autora e também contra suas personagens, bithcies demais para minha sanidade mental. Tá, beleza, vamos ignorando e continuando a canção.

A leitura estava ficando bastante arrastada. De início a narrativa da Lauren Oliver não estava ajudando muito. Às vezes soava como uma introdução muito longa, embora a forma como ela escreve, apresenta e expõe a personagem seja a melhor possível para a temática. Estamos falando de uma história que se propõe a despertar reflexões em seus leitores, de um livro com páginas cheias de pequenos fragmentos de sabedoria e belos parágrafos que expõem dúvidas a respeito da existência de um amanhã e dos rumos que as vezes tomamos.

Algumas coisas se tornam lindas quando você realmente olha

Foi quando percebi que certos momentos se estendem para sempre. Mesmo depois que terminam, continuam, mesmo que depois que você está morta e enterrada, esses momentos perduram, no passado e no futuro, até a eternidade. São tudo e estão em todos os lugares ao mesmo tempo. São o significado.”

Samantha Kingston poderia ser uma personagem típica das comédias de Sessão da Tarde ou Temperatura Máxima se os seus dilemas no fim não estivessem bem longe de serem “leves”. Ao contrário de outras mil tramas que existem por aí, ela descobre o quanto os caminhos que sua vida tomou e suas atitudes dentro do seu universo de popularidade não significam nada da pior forma a ser considerada possível.

Em suas várias “segundas chances” de fazer tudo diferente ela redescobre o valor das pequenas coisas que a popularidade a fez deixar para trás e vai perdendo o preconceito com atitudes e pessoas que sua “reputação” a fez ignorar. Começa a descobrir e  redescobrir as pessoas não passavam de um rótulo para Samantha até então. Também descobre qual o sentido que tudo aquilo que está vivenciando. E o que a personagem aprende também vale para nós, que estamos um pouco apartados de seu universo perfeito.

Então, basicamente: não é o melhor livro do mundo, muito provavelmente não vá ser tão tocante ou badalado quanto “As vantagens de ser invisível” (e desde quando isso é tocante, minha gente?), mas com certeza vale a leitura.

Título original: Before I Fall
Autora: Lauren Oliver
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 358
Ano: 2011

Leia também!

0 comentários

Não se acanhe e deixe seu comentário.
Mas não aceito comentários esdrúxulos, ofensivos, com erros, preconceituosos... Ahh, você me entendeu.

Google+

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Resenhas

Sensacional!

Muito bom!

É bom...

Já li melhores.

Horrível