Resenha: O Holocausto Brasileiro, de Daniela Arbex

sexta-feira, julho 12, 2013

Bom, após muitos ensaios de uma volta triunfal, mas sem algo realmente bom para justificar o esforço de uma resenha eis que encontrei algo do qual vale a pena comentar. Infelizmente, não se trata de algo fofinho. Não é um romance, não  fala de coisas felizes. Pelo contrário é uma tragédia. E não é fictício, e sim uma tragédia real, um holocausto em terras tupiniquins. Para ser mais exata, o título do livro em questão é algo bem parecido com isso: O Holocausto Brasileiro escrito pela jornalista Daniela Arbex.


O Holocausto Brasileiro - Vida, Genocídio e 60 Mil Mortes No Maior Hospício do Brasil
Daniela Arbex – 255 páginas
Editora: Geração Editorial
Neste livro-reportagem fundamental, a premiada jornalista Daniela Arbex resgata do esquecimento um dos capítulos mais macabros da nossa história: a barbárie e a desumanidade praticadas, durante a maior parte do século XX, no maior hospício do Brasil, conhecido por Colônia, situado na cidade mineira de Barbacena. Ao fazê-lo, a autora traz à luz um genocídio cometido, sistematicamente, pelo Estado brasileiro, com a conivência de médicos, funcionários e também da população, pois nenhuma violação dos direitos humanos mais básicos se sustenta por tanto tempo sem a omissão da sociedade. Pelo menos 60 mil pessoas morreram entre os muros da Colônia. Em sua maioria, haviam sido internadas à força. Cerca de 70% não tinham diagnóstico de doença mental. Eram epiléticos, alcoólatras, homossexuais, prostitutas, gente que se rebelava ou que se tornara incômoda para alguém com mais poder. Eram meninas grávidas violentadas por seus patrões, esposas confinadas para que o marido pudesse morar com a amante, filhas de fazendeiros que perderam a virgindade antes do casamento, homens e mulheres que haviam extraviado seus documentos. Alguns eram apenas tímidos. Pelo menos 33 eram crianças.

Acho que a descrição é suficiente para dizer o que o leitor vai encontrar quando abrir este livro. E não, não há exagero nenhum. Na maior parte do tempo, as pessoas não tem sequer noção do quanto pode chegar o sofrimento humano e olha com desdém certas histórias sob alegação de que é um exagero. Se você é uma pessoa atenta sabe que a realidade muitas vezes é capaz de superar com maestria a crueldade da ficção. Ler O Holocausto Brasileiro mostrou o pior da faceta humana e o que é mais intrigante: a loucura daqueles que se dizem normais.

O livro de Daniela Arbex é muitíssimo bem escrito. Li-o direto, em uma única madrugada de tanto que me senti envolvida. A escrita é simples e comovente. Consegue a proeza de mostrar beleza na narrativa de episódios de horror. Daniela Abex fez a proeza de descrever com sutileza e sensibilidade o horror que impregnou tantas vidas mas foi ignorado durante tantos anos.

Vale a pena ler o Holocausto Brasileiro. Como mencionei antes, não é um romance, não é um livro fofo. Não distrai com mentiras confortáveis. Aliás não é um livro que te permite distrações. Pelo menos não mais do que uma pausa para aliviar a sensação de nó na garganta. Mas apesar de tudo, é um livro muito, muito bom mesmo.

Cinco corujas de classificação e lamentando muito por não julgar que seja uma nota alta o bastante.

Leia também!

0 comentários

Não se acanhe e deixe seu comentário.
Mas não aceito comentários esdrúxulos, ofensivos, com erros, preconceituosos... Ahh, você me entendeu.

Google+

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Resenhas

Sensacional!

Muito bom!

É bom...

Já li melhores.

Horrível