Resenha: As memórias perdidas de Jane Austen

domingo, abril 06, 2014

Se tem algo que talvez o leitor que acompanha esse blog não saiba é que eu sou muito fã de Jane Austen. Tive meu primeiro contato com a obra da autora ainda na faculdade, com “Razão e Sentimento” e “Persuasão”. Porém como o período de faculdade é difícil por si só, acabei interrompendo a leitura e deixando de lado. Isso durou até 2013, quando descobri “Orgulho e Preconceito” e entrei novamente na onda e a buscar tudo que ainda poderia ler de suas histórias, ou tudo o mais que tivesse a ver com o seu nome.

Foi desse modo que descobri “As Memórias Perdidas de Jane Austen”: um livro que paquerei durante muito tempo e que acabei comprando o e-book. 

Memórias Perdidas de Jane Austen
Autor(a): Syrie James
Editora: Record - 320 páginas
Um dos maiores nomes da literatura inglesa, Jane Austen escreveu clássicos como Orgulho e preconceito. Embora seus livros tenham interessantes histórias de amor, a vida amorosa da autora nunca foi considerada notável. Esse foi o ponto de partida para Syrie James, estudiosa de Austen, criar uma versão romanceada sobre a vida da aclamada escritora. E se memórias escritas pela própria Austen fossem descobertas, revelando um grande caso de amor? Escrito em um estilo próximo ao da própria escritora britânica, As memórias perdidas de Jane Austen é um livro notável, irresistível para qualquer um que ame Jane Austen – ou grandes romances.


A obra é uma biografia romanceada da autora, tendo como base o suposto conteúdo de um velho baú encontrado escondido no sótão de uma das várias casas pertencentes a um dos irmãos de Austen e identificados como manuscritos da autora. E esse é um passo para tomar a fantasia como verdade já que os fatos são tão amarrados que se torna quase impossível pensar na ideia como uma fantasia.Prefácios e notas do autor corroboram a suposta verdade, afirmando que grande parte do que está no livro realmente provém de volumes encontrados de suas memórias no baú escondido. É como o filme "A bruxa de Blair", tido como verdade, mas é apenas imaginação.

Nesse caso, perca as esperanças, caro leitor. A vida de Jane Austen permanece misteriosa, portanto conforme-se com os mistérios. Porém nem tudo está perdido porque você poderá contar com uma excelente ficção.


É fácil reconhecer a sagacidade presente na narrativa e quase impossível não se deixar levar por ela sem maiores perguntas, tomando a maior parte daquilo como algo real, como se realmente se tratasse de um livro de memórias. A escrita é fluida e fácil de acompanhar e no embalo também fica bem simples notar vários personagens que permearam a obra da escritora. Ao contrário de muitas obras do tipo é fácil tomá-lo como uma verdade e torcer pelo final da heroína. Infelizmente, o que acontece é um grande spoiler, já que o destino de Jane Austen - mesmo que saiba-se pouco a respeito de sua vida - é bem conhecido do público e isso não foi mudado.

Como disse alguns parágrafos acima, eu comprei o e-book. Agora ele está na lista dos que quero comprar a versão impressa e tê-lo comigo em casa, assim como a coleção completa de obras da autora.

Leitura obrigatória para os fãs de Jane Austen e para quem gosta de um bom romance! E cinco corujas de classificação porque cumpriu as promessas de uma boa leitura.


Leia também!

1 comentários

  1. Emanuelle vc já assistiu Amor e Inocência? o livro é semelhante ao filme?
    Assisti "Orgulho e Preconceito" "Razão e Sensibilidade", "Emma", "Amor e Inocência" e "Persuasão". Como pode ver virei fã de Jane Austen, e agora quero ler todos os livros.

    ResponderExcluir

Não se acanhe e deixe seu comentário.
Mas não aceito comentários esdrúxulos, ofensivos, com erros, preconceituosos... Ahh, você me entendeu.

Google+

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Resenhas

Sensacional!

Muito bom!

É bom...

Já li melhores.

Horrível